segunda-feira, 12 de julho de 2010

Zurique, um bom exemplo para o Rio

Zurique (Suíça) revitaliza prédios e fábricas abandonados a favor do Lazer e Cultura, para assim ganhar turistas e melhorar a Economia

http://img.photobucket.com/albums/v219/zehh/centro38.jpg

(Blog do Rafael Oliveira - Rio de Janeiro) Apesar desse Blog se referir ao Rio de Janeiro, mas vou aqui dar um belo exemplo que tem sido feito na cidade de Zurique, Suíça, que eu acredito que seria uma boa ideia a ser feita no Rio de Janeiro

Zurique é conhecida como uma cidade de história, com prédios antigos que dão um visão clássica a cidade, assim como funciona o Centro do Rio e alguns lugares da Zona Norte, ou até porque não a região da Leopoldina. Mas o exemplo a seguir poderia funcionar principalmente a região da Tijuca, Leopoldina, Zona Portuária, região do Méier, Avenida Brasil, região da Lapa, Realengo e algumas do grande Centro.

Se afastando um pouco das ruas mais clássicas de Zurique, você chega a regiões com fábricas e prédios abandonados, onde era a antiga região industrial da Cidade. Esses locais ficaram abandonados sendo símbolo de degradação e dando um mal potencial a região a favor para a violência e uso de drogas, assim como acontece nas regiões cariocas que eu citei no parágrafo acima.

As regiões abandonadas estilo medieval em Zurique tornaram-se hoje uma região que atrai turistas e moradores.

Antes, a lei não permitia construir prédios residênciais e comerciais na zona industrial, assim como o Rio não permite construção destes prédios nas regiões citadas. Mas o Governo suíço mudou a lei e os prédios abandonados tornaram-se pubs (estilo o sofisticado "Café Etilico" na Barra da Tijuca), shoppings, prédios comerciais, faculdades, restaurantes, clubes e até residências.

São muitos os exemplos de fábricas abandonadas que se tornaram lugares de badalação na Cidade. Atualmente está sendo construído em outras fábricas abandonadas uma Faculdade de Música, um Mercado Municipal e uma Torre que será o edifício mais alto de Zurique: Prime Tower.

O local que era símbolo de abandono e marginalização agora é sinônimo de um programa moderno e indispensável para quem deseja conhecer um outro lado da maior cidade da Suíça.

Quantos prédios abandonados (ou sem muita utilidade) há no Rio? Muitos desses da época que o Rio era a capital e tornam-se museus sem finalidade, como o Antigo Museu de Guerra, o Museu do Automóvel o atual Museu da Fazenda.

Um bom exemplo aqui no Rio de Janeiro é a antiga Fábrica Bangu que hoje abriga o Bangu Shopping, que mudou a cara de toda uma região. O Colégio Pedro II de Realengo é outro bom exemplo. Projeto semelhante pode mudar o Méier e a atual Zona Portuária. E poderia mudar a Leopoldina através de um bom projeto para o atual edifício da Estrada de Ferro da Leopoldina. Assim como há muitos anos prédios de cultura e lazer dava outra cara a Cinelandia. Quantos belissimos prédios há no Centro do Rio abandonados ou com pouca utilidade comparada a sua grande história, como é o exemplo do Palácio do Catete, o antigo TSE e as centenas de fábricas abandonas em vários centros urbanos e até na Avenida Brasil.

Quantos prédios poderiam tornar-se pubs, cinemas, shoppings, faculdades (públicas e particulares), edifícios comerciais, restaurantes, bibliotecas, cafeterias, boliches, livrarias, e por aí vai. Dava até para expandir filiais do "poupa-tempo", e por aí.

Bom para lazer, boa para a segurança, bom para os turistas e boa para os moradores. Deixo esse nosso projeto para os leitores refletirem...

Texto escrito e postado por Rafael Oliveira, 12 de Julho de 2010
Foto: Museu da Fazenda, Centro do Rio de Janeiro

3 comentários:

  1. Estou procurando fabricas abandonadas para comprar no Rio. Tem alguma dica para me dar?

    ResponderExcluir
  2. Essa parte aí de Zurique parece a presidente Vargas !

    ResponderExcluir
  3. Moro na suiça e eh tudo bom escola emprego e tudo de bom ..........Só não consigo falar muito bem estou aprendendo

    ResponderExcluir

Clique aqui para deixar um comentário. Caso você não tiver uma conta Google, assine o seu nome abaixo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta o nosso site com o facebook e Google+